Info-Angola

Você está aqui: Início País/Províncias Angola Sobre Introdução
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size
Introdução
Quadro da Administração Angolana PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

A Divisão Administrativa de Angola caracteriza-se da seguinte maneira:

Províncias

Capital

Km

Municípios

Comunas

Bengo

 

Caxito

 

33.016

 

Ambriz, Bula Atumba, Dande, Dembos, Nambuangongo, Pango-Aluquém.

 

Ambriz, Barra do Dande, Bela Vista, Bula-Atumba, Calomboloca, Caxito, Gombe, Kage, Kanacassala, Kazua, Kiaje, Paredes, Kicunzo, Kikabo, Kixico, Mabubas, Muxiluando, Pango-Aluquem, Piri, São José das Matas, Tabi, Ucua, Zala.

Benguela

 

Benguela

 

31.788

 

Baía Farta, Balombo, Benguela, Bocoio, Caimbambo, Catumbela, Chongoroi, Cubal, Ganda, Lobito.

 

Alda Lara, Asfalto, Babaera, Balombo, Benfica, Benguela, Biópio, Bocoio, Candumbo, Chigongo, Chikuma, Chila, Chindumbo, Chongorói, Compão, Cote, Cubal, Cubal do Lumbo, Dombe Grande, Lobito Canata, Catumbela, Egito, Monte Belo, Passe, Caimbambo, Catengue, Baia Farta, Cupupa, Imbala, Quendo, Chiongoroi, Capupa, Bolongueira, Ganda, Babaera, Kasseque, Chicurnu, Ebanga. 

Bié

 

Kuito

 

70.374

 

Andulo, Camacupa, Catabola, Chinguar, Chitembo, Cuemba, Cuito, Cunhinga, N'harêa.

 

 

 

 

Munhango, Caivera, Sachinemuna, Andulo, Belo Horizonte, Cambândua, Chicala, Chinguar, Chipeta, Chitembo, Chiuca, Chivaúlo, Dando, Gamba, Kachingues, Kaiei, Kalucinga, Kamakupa, Kangote, Kassumbe, Katabola, Kuemba, Kuito, Kunhinga, Kunje, Kutato, Kwanza, Luando, Lúbia, Malengue, Mumbué, Mutumbo, Nharea, Ringoma, Sande, Soma Kwanza, Sto António da Muinha, Trumba, Umpulo.

Cabinda

 

Cabinda

 

7.270

 

Cacongo, Buco-Zau, Belize, Cabinda.

 

 

 

Baixo Longa, Bondo, Chinguanja, Cuangar, Dirico, Kaiundo, Kalai, Kuchi, Kueio, Kuito, Kuanavale, Kutato, Kutuile, Longa, Luengue, Luiana, Maue, Mavengue, Mavinga, Menongue, Missombo, Mucusso, Nancova, Neriquinha, Rito, Rivungo, Savate, Vissati, Xamavera, Miconje, Luali, Cabinda, Malembo, Tanto-Zinze, Landana, Massabi, Inhuca, Necuto, Belize.

Cuando Cubango

 

 Menongue

 

Calai, Cuangar, Cuchi, Cuito Cuanavale, Dirico, Mavinga, Menongue, Nancova, Rivungo.

Baixo Longa, Bondo, Chinguanja, Cuangar, Dirico, Kaiundo, Kalai, Kuchi, Kueio, Kuito Kuanavale, Kutato, Kutuile, Longa, Luengue, Luiana, Maue.

Cunene

 

Ondjiva

 

87.342

 

Cahama, Cuanhama, Curoca, Cuvelai, Namacunde, Ombadja.

 

 

 

Bangula, Cacite, Castilhos, Chitado, Evale, Humbe, Kafima, Kahama, Kalonga, Kuvati, Kuvelai, Môngua, Mukope, Mupa, Namakunde, Naulila, Ombala yo Mungu, Ondjiva, Oximolo, Shiede, Xangongo, Nehone Cafima, Evale, Simporo, Yonde, Xagongo, Oncócua, Otthinjau.

Huambo

 

Huambo

 

34.270

 

Bailundo, Caála, Chicala Cholohanga, Chinjenje, Ecunha, Huambo, Londumbale, Longonjo, Mungo, Ucuma.

 

Alto – Uama, Bailundo, Bimbe, Chiaca, Chinhama, Chinjenje, Chipipa, Chiumbo, Huambo, Kaála, Kachiungo, Kakoma, Kalenga, Kalima, Kambuengo, Katabola, Katata, Kuima, Lépi, Londuimbali, Longonjo, Lunge, Mbave, Mungo, Sambo, Tchipeio, Thicala Yhilohanga, Ukuma, Ussoke, Hengue-Caculo, Ecuma, Tchiahana, Chilata, Tchiumbo, Hungulo, Mundundo.

 

 

Continuar...
 
Principais Indicadores PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Nome oficial: República de Angola

Nacionalidade: Angolana

Data nacional: 11 de Novembro (Dia da Independência)

Capital: Luanda

Cidades principais: Luanda, Huambo, Lobito, Benguela, Lubango, Namibe, Malanje e Cabinda

Língua oficial: Português

Principais línguas nacionais/regionais: Umbundu, Kimbundu, Kikongu, Fiote, Tchokwe, N'Ganguela e Kunhama

Moeda: Kwanza

População: Censo de 2014: 25.789.024

Densidade: 15,5 hab./km2

Área total: 1.246.700 km2

Tipo de Governo: Presidencialista - Parlamentar

Presidente: José Eduardo dos Santos

Vice-presidente: Manuel Vicente

Independência: 11 de Novembro de 1975

Coordenadas Geofráficas: 12º 30´S, 18º 30 E

Fuso horário: WAT (UTC +1)

Cód. Internet: .ao

Cód. Telef: +244

Religião: Credos tribais 47%, Catolicismo Romano 38%, Igrejas Protestantes 15% (estimativas 1998 )

Taxa de literacia: 67,4% da população com idade de 15 anos ou superior sabe ler e escrever. Estes correspondem a 82,9% dos homens e 54,2% de mulheres (estimativas de 2001)

Esperança de vida: 48 anos

Mortalidade infantil: 113,4/mil nasc. (Boletim Estatísticas Sociais)

Alfabetização: 66% (IBEP, 2008 - 2009)

 
Divisão Administrativa PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ImageA República de Angola tornou-se numa nação independente em 11 de Novembro de 1975, após mais de 500 anos de colonização portuguesa. A sua lei fundamental data de 1975 - Lei Constitucional - e tem vindo a sofrer algumas alterações devidas à implementação do sistema democrático e pluripartidário, da ampliação do reconhecimento das garantias, dos direitos e das liberdades fundamentais dos cidadãos e dos princípios basilares da economia de mercado, estando prevista uma segunda revisão para o tratamento de matérias constitucionalmente dignas e importantes referentes à organização de um Estado democrático e de direito.

A Constituição declara como objectivo fundamental a construção de uma sociedade livre e democrática e que garanta os direitos e liberdades fundamentais do homem, que garanta a liberdade de expressão e o direito de assembleia e associação, que respeite a liberdade de culto e, por fim, que permita a posse e a protecção da propriedade privada.

A soberania reside no povo que exerce o poder político através de sufrágio universal periódico, de forma democrática, a partir dos 18 anos de idade. As últimas eleições legislativas e presidenciais foram realizadas em Setembro de 1992.

São órgãos de soberania o Presidente da República, a Assembleia Nacional, o Governo e os Tribunais.

O Presidente da República é o Chefe de Estado e o Comandante em Chefe das Forças Armadas. O seu mandato é de cinco anos, podendo ser reeleito para mais dois mandatos. O Governo da República de Angola está constituído em Governo de Unidade e Reconciliação Nacional (GURN), integrando representantes dos partidos políticos com assento na Assembleia Nacional.

O quadro organizativo da Administração angolana caracteriza-se, em 2014, da seguinte maneira:

18 Províncias; 162 Municípios; 558 Comunas.

quadro organizativo da Administração angolana2014

Continuar...
 
Síntese Geográfica PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ImageA República de Angola, é o quinto país de maior dimensão ao sul do Saara, com uma área de cerca de 1.246.700 quilómetros quadrados e uma Linha marinha atlântica de cerca de 1650 quilómetros. A sua fronteira terrestre é de 4837 km. O comprimento máximo no sentido Norte-Sul é de 12fl km e a largura máxima, no sentido Oeste-Leste, é de 1236 km, dando, portanto, ao país uma configuração geométrica equivalente a um quadrado.

O território da República de Angola fica situado na costa ocidental da África Austral, a Sul do Equador, sendo limitado a Norte, pela República do Congo Brazaville, a Oriente pela República Democrática do Congo e pela Zâmbia, a Sul pela Namíbia e a Ocidente pelo Oceano Atlântico, abrangendo ainda o enclave de Cabinda, situado a Norte, entre o Congo-Brazaville e a República Democrática do Congo.

Angola é constituída, principalmente, por um maciço de terras altas, limitado por uma estreita faixa de terra baixa cuja altura varia entre os o e os 200 metros. Acima dos 200 metros encontram-se as montanhas e os planaltos (sendo o planalto central o mais importante ponto de vista económico). A região planáltica é a que ocupa a maior extensão territorial do país. A maior altitude é a do morro do Môco, na província do Huambo, que atinge aproximadamente, 2620 metros.

A linha da costa é, no geral, pouco acidentada e com poucas reentrâncias e saliências, sendo as mais significativas as que se apontaram mais atrás.

Mais de 50% dos solos sofrem de processos, permanentes ou periódicos de erosão provocados pelas chuvas e pelas incidências solares. Os solos mais férteis encontram-se junto aos rios, onde se concentram os aluviões por eles transportados e que, em geral, são ricos em elementos minerais e compostos orgânicos. Consequentemente, a possibilidade de rega é maior e menos dispendiosa. Nas regiões mais secas, de clima desértico, o solo é pouco fértil.

 
Introdução PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ImageAngola é conhecida no mundo como um dos países de maiores potencialidades económicas da África sub-Sabsariana, com recursos naturais agrícolas e minerais que se estendem por todo o seu território e orla marítima. É dos mais extensos países da África ao Sul do Saara, com uma paisagem que alterna o deserto com a floresta virgem tropical. Possui uma costa marítima também das mais extensas do Continente africano e o interior do seu solo contém reservas importantes dos mais diferentes e variados recursos minerais.

A sua Localização geográfica e o tipo de clima prevalecente - com zonas de microclima - confere-lhe capacidades específicas para a agricultura, pecuária e pesca. A língua nacional mais falada é o Kimbundu.

O território dispõe de três importantes portos de mar, Luanda, Lobito e Namibe, sendo o segundo considerado um dos melhores da costa ocidental de África.

De Norte para Sul, o país apresenta acidentes geográficos interessantes do ponto de vista turístico: as baías de Cabinda, Luanda, Porto Amboim e dos Tigres, as saliências conhecidas como a Ponta do Dande, Cabo Ledo, Cabo de S. Brás, Cabo de Santa Marta e a Ponta do Morro, a fenda da serra da Tundavala, os rápidos do Kwanza e as quedas de Kalandula.

 
Atlas Geográfico PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Nesta área podem encontrar disponíveis diversos mapas representativos do território Angolano referentes às divisões Político-Administrativa, Ambiental e Económica, acompanhados pelas respectivas legendas que permitem caracterizar o País de uma forma global.

Para aceder à informação do mapa clique no título desejado:

Geologia

Recursos Minerais

Relevo e Geomorfologia

Hidrografia

Clima: Temperatura e Precipitação

Tipos de Clima

Vegetação

Solos

População

Principais zonas de produção Agro-Pecuária

Indústria transformadora

Vias de comunicação

Educação

Saúde

Fonte: Ministérios da Educação, “Atlas Geográfico”, Volume 1, 1982

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 2