Info-Angola

Você está aqui: Início País/Províncias Angola Recursos Clima
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size
Clima
Clima PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

O clima é tropical ao Norte e subtropical ao Sul, sendo temperado nas zonas de maior altitude. Há duas estações distintas: uma quente e húmida, e com níveis de pluviosidade bastante elevados, e outra mais fria e seca, denominada cacimbo.

Esta diversidade climatérica traduz-se em sequências bioclimáticas que vão desde as comunidades estépicas da faixa desértica do Sudoeste até as savanas ou florestas densas húmidas dos climas super húmidos de altitude. Naturalmente, um clima diverso origina tipos de vegetação diversos.

O país possui imensos solos férteis e abundantes recursos naturais, o que lhe confere um grande potencial para o desenvolvimento económico, reforçado pelos seus gigantescos jazigos de petróleo, de diamantes, as grandes reservas hidroeléctricas, os vastos recursos marítimos e as enormes parcelas de terras aráveis.

Os recursos florestais também são vastos, assim como os de exploração silvícola. As florestas naturais angolanas são preciosas reservas de madeira, estando presentes nos maciços dos Dembos e Maiombe madeiras nobres tais como o mogno africano, nas matas a Leste de Angola estão presentes espécies madeireiras de valor comercial. Para além das zonas secas de exploração tradicional do Sul e do Sudoeste, a bovinicultura expandiu-se até as superfícies planálticas húmidas das regiões central e setentrional do território, devido a medidas de saneamento e técnicas de maneio apuradas, além da excelente adaptação de diversas raças de bovinos. Em razão da diversidade do clima, da altitude e do tipo de solo, as várias províncias angolanas têm potencialidades agrárias diversas.

A fronteira marítima com 1.650 quilómetros e a altitude média determinam a existência de duas grandes regiões climáticas: uma zona litoral, com clima tropical seco a Norte e desértico a Sul, engloba uma faixa litoral influenciada pela corrente fria de Benguela, com precipitações anuais que variam entre os 50mm (Namibe) e os 800mm em Cabinda, uma humidade relativa superior a 30% e temperatura média anual superior a 23º C. Uma outra região do interior subdivide-se em três zonas:

  1. uma de clima tropical húmido e que abrange a zona interior e o Nordeste, com precipitações abundantes e temperaturas elevadas;
  2. outra de clima tropical modificado pela altitude e que abarca as regiões altas do Planalto Central, com temperaturas médias anuais inferiores a 19º C;
  3. uma última zona de clima semiárido no Sudeste do país, com uma pluviosidade média entre os 500mm e os 800mm por ano e temperaturas baixas durante o período nocturno da estação seca.



Image

Visualizar o Mapa



Image

Visualizar o Mapa

A latitude da República de Angola (Sul do Equador, entre os paralelos 4º 22' e 18º 02') determina, em termos gerais, um clima entre o árido ou dos desertos e o temperado quente com seca quase invernal. O seu tipo de relevo, dominado por planaltos e ainda os efeitos da corrente oceânica fria de Benguela bem como o factor de continentalidade, resultam numa importante diversidade climática.

 

Clima de Algumas cidades


clima